Phantom Dust não será 480p no Xbox One, mais detalhes semana que vem

Quando o jogo foi anunciado na E3 2016, Shannon Loftis, atual diretora de publishing da Microsoft Game Studios deu uma entrevista explicando como o jogo seria praticamente um port direto do jogo original, apresentando os mesmos gráficos em 480p e ainda por cima em 4:3 com as modificações sendo apenas para o multiplayer, liberando todas as cartas sem a necessidade de se zerar a campanha, e suportando a Xbox Live atual já que a Live do primeiro Xbox foi encerrada. Passada a euforia inicial com o anúncio, é claro que os fãs não gostaram dessa notícia, pois era sinal de que não estavam direcionando muito recursos para esse relançamento. E o silêncio da Microsoft foi um pouco preocupante pois ela não dava informações a respeito do jogo.

Mas agora nós sabemos o porquê: Nessa época, Phil Spencer, o Xboss, ainda não estava no projeto e após seu envolvimento o jogo tomou uma proporção maior, inclusive recentemente Phil twittou uma imagem em 1080p nativos do jogo rodando no Xbox One. Agora para sanar de vez as dúvidas, o diretor criativo do jogo, Adam Isgreen afirmou no Neogaf que a Microsoft irá finalmente revelar os detalhes do jogo na semana que vem.

Mas já sabemos alguns detalhes: Aparentemente retrabalharam a engine gráfica e o próprio jogo permitindo sair da resolução e formato original para widescreen em 1080p. E também encontraram a fonte original das cutscenes pré-renderizadas permitindo aumentar drasticamente a qualidade dos vídeos nessa versão.

Abaixo você pode conferir uma comparação do jogo original no Xbox 1, com a imagem recém twittada pelo Phil do jogo rodando no Xbox One:

O original em 480p e 4:3

 

E o remake em 1080p. Boa diferença, não?